Psicanálise e Conexões

As conexões realizadas por Freud nos lembram o fato de que a formação do analista passa pelo conhecimento abrangente conquistado no movimento da cultura. A apropriação que Lacan fez da antropologia, da lingüística, da matemática, da filosofia, da literatura a fim de atualizar, reescrever e iluminar os conceitos freudianos, além de criar outros, nos impõe a obrigação ética de conhecer minimamente as fontes e as vias de trilhamento que fez, as fontes conceituais que ultrapassou, para assim podermos interpretar/reinterpretar, ou até mesmo recriar esses conceitos e não apenas repeti-los.  Faz-se isso na Psicanálise em extensão, com a Psicanálise fazendo conexões, com a Escola fazendo pontes-dialógicas com o outro e o diferente. Este espaço, nomeado na Escola – Psicanálise e Conexões, visa contribuir para dignificá-la e desafiá-la a produzir, articulando e organizando as iniciativas de conexão já existentes, estimulando novas iniciativas, buscando criar condições para esse funcionamento, estreitando laços com outras Escolas para a promoção dessas conexões e aproximando-as no movimento de trabalho psicanalítico. Assim, as conexões que a Escola poderá estabelecer criam uma possibilidade de contrapor aos discursos da verdade e da certeza que grassam nestes tempos o vigor do discurso analítico. Além disso, as conexões que a Escola vier a estabelecer podem fazer com que se ampliem e iluminem os conceitos psicanalíticos, fazendo-os refletir-se inevitavelmente na prática intensiva dos consultórios e na sobrevivência da Psicanálise. Articulando-se a outros campos de conhecimento e a outras práticas, como a literatura, o cinema, a música, a filosofia, as artes, as instituições públicas, científicas, especialmente médicas, estaremos fortalecendo a Psicanálise e promovendo eroticamente o diálogo.

Podemos fazer isso de várias maneiras: parcerias em seminários e eventos, publicações conjuntas, discussão de casos clínicos e por muitas outras formas. O que é preciso e fundamental é estarmos abertos e dispostos ao diálogo e ao laço, respeitando e aprendendo com as diferenças.

CONEXÕES
Arte e Psicanálise
Direito e Psicanálise
Educação e Psicanálise (Fórum Clínico – Sobre a Infância e Adolescência)
Psiquiatria e Psicanálise (A Clínica das Psicoses na atualidade)